Curso espeleologia técnico científico: espeleotemas e gestão ambiental – turismo em cavernas

Curso espeleologia técnico científico: espeleotemas e gestão ambiental – turismo em cavernas

Foi realizado, nos dias 05 e 06 de maio de 2017, o curso de espeleologia técnico científico na sala da Sociedade Excursionista e Espeleológica dos Alunos da Escola de Minas – SEE no Museu da Escola de Minas de Ouro Preto.

As palestras ministradas pelo professor José Ayrton Labegalini, ex-presidente de União Internacional de Espeleologia (UIS), apresentavam os temas espeleotemas e gestão ambiental – turismo em cavernas. Estas palestras são parte integrante de um curso completo de espeleologia técnico científico produzido pelo professor José Ayrton Labegalini e apresentado em dois módulos, sendo o primeiro realizado em 2015.

No domingo, dia 07 de maio, os membros da SEE e o professor José Ayrton Labegalini seguiram rumo à para Mariana-MG na Mina do Gogô, para conhecer algumas cavernas de minério de ferro. Primeiramente o grupo se dirigiu para a cavidade SPB65, que é uma cavidade que fora explorada e ampliada para extração de minério de ferro e quartzo. No caminho o grupo passou por ruínas de edificações do século XVIII, como muros e mundéus, e visitaram um antigo conduto usado para mineração. Ao chegar cavidade o grupo parou para o almoço e pôde explorá-la. Logo depois se dirigiram para outras duas cavidades de minério de ferro, SPD10 e SPD11, que são dois abrigos que foram qualificados como sendo de máxima relevância.

O curso apresentou de forma completa e com profundidade diversos temas da espeleologia, com detalhes, informações e fotografias, tiradas pelo próprio autor das palestras. Os membros da SEE, juntamente com mais alguns convidados, puderam aprender mais sobre o universo da espeleologia bem como aprofundar os conhecimentos que já possuíam sobre os assuntos apresentados.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • _DSC0206